Editorial Rosinha da Capela

Após nos depararmos com o trabalho da Rosinha da Capela, decidimos desafia-las para a realização de um editorial que hoje apresentamos!

A Rosinha da Capela é um atelier de vestidos com uma vasta história que se iniciou em 1970 e que se mantém desde então na mesma família. Situa-se em Lordelo, Paredes.

Este editorial que foi organizado pela Rosinha da Capela, contou com a participação de diversos fornecedores. O local escolhido foram as instalações da Rosinha da Capela onde nos concentramos na história do espaço e nos vestidos que comercializam. Com o empenho e a dedicação de todos o editorial teve um resultado que nos orgulhamos de vos apresentar.

Local: Residência e Atelier “Rosinha da Capela”
Vestidos: Rosinha da Capela wedding & ceremony (@rosinhadacapela.wedding) e Affezione Couture Sposa (@affezionesposa)
Maquilhagem e cabelos: Margarida Ribeiro Makeup e HairIsabel (@anamargaridaribeiroo)
Arte floral: Pétalas Soltas (@petalas_soltas)
Joalharia: Rocha’s Ourivesaria (R. Júlio Dinis, 247 – Loja 53 – Edf. Mota Galiza, Porto)
Estacionário: Casa Stop – Eventos (@casastopeventos)
Modelos: Milene Sofia (@missmimi_du78) e Inês (@neesoliveira)

Anúncios

Sustentabilidade e o vosso casamento: 7 dicas de como podem ter um casamento mais sustentável

CasamentoSR-374

Já pararam um pouco e pensaram como podem fazer com que o vosso casamento seja mais sustentável? Normalmente nestas festas, há um enorme de desperdício em diversas áreas com bastantes usos únicos que são dados a muitos objectos. Hoje sugiro-vos tentar aplicar uma estratégia em que pelo menos reduzam um dos seguintes itens que vou falar e assim possam permitir que o vosso casamento seja um pouco mais amigo do ambiente.

1. Lembranças

Aqui é um dos pontos em que é mais fácil ser sustentável. Que tal em vez de darem algo que ficará esquecido numa gaveta, dêem algo que tenha utilidade e que esteja ao vosso dispor? Olhem à vossa volta, o que dispõem? Têm alguém na família que produza mel, faça compotas? Por que não guardarem os frascos que usam durante o ano e voilá, lembranças feitas! Ou então porque não darem sementes, que ficam tão giras com mensagens como “semeiem o nosso amor!”? Ou plantas? Claro que fujam das embalagens de plástico e de uso único se seguirem por estas ideias.

2. O vestido

Aqui sei que é o mais difícil. Toda a gente sonha com ir a uma loja e encontrar o tal e em usar algo novo! Mas para a mais ousadas e que procuram até algo diferente, existem imensas opções em lojas vintage e de roupa em 2ª mão, e não é bonito dar uma nova oportunidade sendo a estrela de um dia de casamento? Podem também ver os vestidos das vossas mães, avós, sogras, irmãs, tias e talvez até com uns toques fique o VOSSO vestido!! Há quem opte por usar apenas os véus das mães e avós, e digo-vos, acho que dá um toque muito bonito e sentimental ao casamento e é um ideia tão linda! E para além de tudo ainda ajuda o ambiente e a vossa carteira!

3. Roupa dos convidados

Grande parte das pessoas associa a ida a um casamento com o uso de roupa nova e apenas daquela vez. Porque não incentivarem os vosso convidados a usarem peças que já têm, a reutilizarem peças, a não comprarem novas peças apenas para o vosso casamento. Com certeza que grande parte até vos agradece pois será menos um gasto que terão!

4. Convites

Hoje em dia, há quem aposte muito nos convites digitais, muitas vezes por uma questão mais financeira e acaba por ser uma mais valia para o ambiente. Como entendo que por vezes, para convidados de maior idade seja complicado esta opção podem optar por usar papéis reciclados para o vosso convite, o que para além de vantajoso vai dar aquele toque ao vosso casamento!

5. As flores

Para mim este é um dos pontos em que há maior desperdício. Igrejas cheias de flores para 2h de cerimónia, imensas cópias do bouquet para uma ficar aqui e acolá, centros de mesa cheios de flores que passado umas horas irão para o lixo. Antes de contratarem a florista pensem, onde querem realmente ter flores e em que quantidades. No meu próprio casamento, reduzi bastante neste ponto. Tive dois bouquets, um que deixei à Nossa Senhora e o outro que atirei, pedi bouquets pequenos e com flores de época; na igreja tivemos apenas uns apontamentos numas jarras que juntas deviam fazer apenas um pequeno ramo; as minhas 3 damas de honor tiverem uns mini-bouquets, mesmo mini apenas porque sobraram flores dos meus bouquets e de resto optei por não ter quaisquer flores no copo de água. Para a decoração, usamos diversos itens que marcaram a nossa relação que tínhamos cá por casa e que voltaram aos seus sítios após o casamento.

6. Comida

O típico português associa um casamento como um enfardar de comida e espera encontrar montes de escolhas! Felizmente muitas quintas hoje em dia já têm alguma atenção e procuram não exagerar na comida que produzem e colocam à disposição. Tenham o cuidado de verificar como tudo funciona onde vão casar e procurem saber se algo é feito com as sobras e senão tomem precauções quanto a este ponto e estejam preparados para saber o que fazer com as mesmas.

7. Louças e talheres

Certifiquem-se que todas as louças, talheres, porcelanas, jarras, toalhas… etc que vão ser usadas não são de uso único e que farão parte e já fizeram de dias felizes de outros casais.

 

A todos estes pontos, acrescento que optar por usar produtos de fornecedores locais e de boas práticas é sempre a escolha mais acertada. Sejam a mudança que querem ver no mundo, não é um óptima maneira de iniciar a vossa vida a dois?

Se tiverem atenção num destes 7 pontos, já fará uma diferença enorme!

Têm outras ideias que podem tornar um casamento sustentável? Partilhem connosco!

Álbuns fotográficos

42460094_571097786636091_3285065981851860992_n.jpg

Ultimamente a maior parte dos nosso clientes tem optado por não realizar um álbum do nosso trabalho. Sabemos que muitas vezes é uma questão económica, por isso, optamos sempre por realizar algumas impressões de cada trabalho, pois sentimos que o trabalho só está finalizado após estar impresso. Podem até ver um post mais antigo que está aqui em baixo sobre isto.

Somos contadores de histórias e acreditámos que apenas num álbum uma história fica bem contada! Encaramos cada casamento, cada batizado, cada sessão como uma parte da vossa história e apenas conseguimos transmitir a nossa visão da mesma a 100%, quando esta é impressa. E nos álbuns, a fotografia ganha vida, ganha cor, ganha amor… ganha muito mesmo!

E tão bom que é chegar a avó lá a casa e mostrar-lhe um álbum, estarem ali todos de volta da lareira a reviver as vossas histórias, os vossos momentos! Sem dúvida que é bem melhor do que estar a ver num ecrã. No álbum sentimos as emoções e todos os sentimentos!!

Aproveito este post para lançar um miminho para todos os nossos clientes! Durante a próxima semana, estamos com um desconto de 15% sobre todos os valores de álbuns fotográficos, de forma a que, vos seja possível fazer agora o vosso álbum com a vossa história!

 

Detalhes da promoção:

Válida de 3 a 9 de março para todos os que já realizaram algum trabalho connosco. Desconto válido para álbuns a partir de 50€.

 

Porquê fazer uma sessão boudoir?

IMG_0489

Na preparação de um casamento, muitas noivas pensam em realizar uma sessão boudoir. Uma sessão deste género é uma sessão bastante boa para a autoestima de uma mulher e é ideal para ter um momento só para si numa época atarefada e de stress como é a de preparação de um casamento.

Mas estas sessões não se reservam apenas a noivas mas sim a todas as mulheres! São sessões que possibilitam sentirem-me mais poderosas, fortes e confiantes, pode ser para comemorarem estarem noivas mas também podem ser para comemorar outros marcos da vossa vida. Não interessa por que motivo é realizada, a ideia é captar a vossa beleza para sempre! Se quiserem fazer uma sessão para comemorar os vossos 30, 40, 50 anos, porque não? A vida é para ser comemorada! E podem fazê-la apenas para se comemorem a vocês próprias, sem qualquer motivo, pois vocês merecem!

E o que é ao certo uma sessão boudoir? É uma sessão sensual mas nunca sem revelar demais. É um sessão que capta a essência e sensualidade que é única em cada mulher. A sessão boudoir é algo que é apenas sobre vocês próprias, para vocês e sobre vocês! É aquele momento em que se vão sentir vocês, calmas, relaxadas, confiantes, bonitas e sensuais. É o momento que vão dedicar-se apenas a vocês próprias. Estão no vosso auge, no vosso melhor!

Podem usar o vosso véu ou outro acessórios ligados ao vosso casamento como os vossos sapatos, brincos e, deste modo, a sessão inserir-se-á como parte da vossa preparação de noiva. Um sessão boudoir de noiva tem sempre uma nota romântica e elegante.

Se desejarem, esta sessão pode também ser uma sessão a dois. Podem fazê-lo como casal e ter um momento para os dois calmo e sem preocupações nesta altura de tanto stress!

Mas, mais que tudo, tenham em atenção algo muito importante, se desejam fazer uma sessão boudoir, seja de noiva ou não, façam-no por vocês próprias. Claro que está sequiserem oferecer o resultado final ao noivo e partilhar com ele a vossa confiança em mostrar como são lindas façam-no com toda a vontade, que com certeza ele irá adorar!

Procurem escolher um local com um ambiente clean, e elegante e rodear-se de bons profissionais. Não só é importante a escolha do fotógrafo, também devem procurar profissionais de hair styling e makeup artists. Contem com esses profissionais para terem uma experiência única que vão adorar. Confiem nestes profissionais para vos apoiarem no planeamento da sessão que vai de encontro ao que pretendem e ao que vocês são e vos representa!

Mais que tudo, valorizem-se e amem-se!

Editorial com Blush events!

Há uns meses atrás encontrámos o trabalho da Blush no Instagram e como gostámos tanto decidimos que tínhamos de trabalhar juntos.

O início da nossa parceria foi com um editorial que ficou a cargo das maravilhosas Isabel e Sofia. O editorial realizou-se na Quinta do Castelo da Granja, um quinta localizada em Águas Santas que dispõe de uma capela no local e que nos apresentou um espaço maravilhoso cheio de verde e de história.

A componente gráfica do editorial ficou ao cargo da fantástica Play for Love que nos apresentou um trabalho que marca pela diferença, espreitem o trabalho que vale bem a pena!

Neste editorial tivemos também a participação de uma ourivesaria com muita história localizada em Ermesinde, a Relojoaria Torres, que nos enviou umas lindas alianças para fotografar.

Deixo-vos um cheirinho do resultado final! Espero que gostem tanto como adorámos fotografar!

Até já,

Daniela e Tiago

Ficha Técnica

Fotografia: Memorabilia Studio
Concepção e decoração: Blush events Site Facebook Instagram
Espaço, material de apoio e mobiliário: Quinta do Castelo da Granja Site Facebook Instagram
Design gráfico: Play For Love Site Facebook Instagram
Alianças: Relojoaria Ourivesaria Torres Facebook Instagram

4 Razões pelas quais adoro ser fotógrafa

Já vão praticamente dois anos desde que decidi ser fotógrafa a full time juntamente com o Tiago e estou a adorar! Como tal hoje decidi falar-vos de algumas das razões pelas quais adoro ser fotógrafa.

1. Fazer parte de momentos maravilhosos

Em primeiro lugar, poder participar em momentos felizes da vida de tanta gente é bastante gratificante. Ver aqueles sorrisos, aquelas emoções, é uma sensação fantástica! E ter o privilégio de sermos nós a torna-los intemporais é indescritível!

Para além disto, como sou bastante emotiva, participar nestes momentos deixa-me a fluir com o momento o que me faz bastante feliz.

2. Encontrar tesouros

Com este trabalho, temos conhecido locais e pessoas fabulosas. São pequenos tesouros que vamos encontrando pelo nosso percurso. Para além destas descobertas, temos ganho muitas novas amizades com os nossos clientes e amigos o que nos deixa muito muito felizes. Todos os dias são descobertas fabulosas e estou maravilhada com o que o futuro irá trazer!

3. Desafios diários

Sem dúvida que outra razão pela qual adoro ser fotógrafa, é poder todos os dias desafiar a minha criatividade e pôr em marcha ideias diferentes. É uma adrenalina enorme todos os dias ter de pensar em novos enquadramentos! E é fantástico ao fazê-lo poder partilhar a minha visão do mundo com tanta gente que vê o meu trabalho!

Outro desafio, é a tão usual ‘fuga à câmara’. Para mim, este desafio é fantástico. Há sempre a tia que foge da câmara ou a mãe ou a irmã.. é neste momento que fica ali o “Challenge accept!”. E no momento que consigo a foto é “YES! I did it!”.

4. É Otrabalho!

Sabem aquilo que dizem: “Faz o que adoras e não terás de trabalhar um dia!”? É mesmo isso que sinto. Este é O trabalho que me faz feliz e me enche as medidas!!

Até para a semana!

IMG_2758

Algumas ideias para as lembranças de casamento

Ah, as lembranças! Aquele item que se vai deixando para o fim sem termos ideia do que deve ser. Hoje fizemos este post para vos ajudar um pouco na escolha da vossa lembrança.

Quando o casamento acaba, vocês querem que as pessoas levem algo com elas que as vai lembrar daquele dia épico! As escolhas são muitas e vocês apenas têm de seleccionar a certa para vocês.

Em primeiro lugar, podem partir do vosso tema de casamento ou de algum hobby que tenham para dar o mote à lembrança. Assim terá ligação a vocês e ao vosso casamento.

Existem diversos tipos de lembranças pelas quais podem optar:

  • objectos decorativos;
  • comestíveis – geleias, chocolates, guloseimas;
  • úteis – porta-chaves, velas;
  • solidárias – doações a associações com causas que vocês apoiam;
  • ecológicas – sementes para serem semeadas, suculentas, sacos ecológicos com gravação.

As ideias são muitas, vocês devem seguir pela qual achem mais apropriada.

Há um factor em que devem também ter atenção. Já deram conta de quantas vezes trouxeram uma lembrança de uma festa e esta foi parar ao fundo da gaveta? Se calhar não querem que isso aconteça com as vossas por isso tenham isso bem presente.

Com certeza que a ideia vai surgir e não desesperem!

CasamentoD&D-532